Pornografia

CURTA-METRAGEM, FILME MANIFESTO

Bitola: 35 mm

Ano: 1992

Duração: 6 ´
Direção Sandra Werneck e Murilo Salles
Produção Executiva Sandra Werneck
Elenco Gaúcho e Luciana

SINOPSE Pornografia é um filme-manifesto. Um desabafo contra a execução sumaria do cinema brasileiro. Ele é simples e direto: sexo explicito, texto na tela, Hino Nacional.

Pornografia tem a contundência das coisas desentranhadas: polemiza e emociona. Fala de perdas e danos. O filme é um relacionamento que não acontece – é pura performance.

Curto, cru e nosso, Pornografia é uma pancada na razão cínica. Filme-sintese, é a afirmação de uma vontade, é o troco – coisa de cineasta indignado. O cinema brasileiro informa.